Matérias

11 de abril de 2017

Celular durante a malhação pode?

Profissional de educação física lista vantagens e desvantagens de usar o aparelho na hora de treinar

Celular durante a malhação pode?

É importante sempre manter o foco durante o treino

É cada vez mais difícil encontrar um brasileiro que não tenha pelo menos um aparelho celular. Parceiro de todas as horas, o aparelho é usado para trabalhar, estudar, se informar, bater-papo e até para fazer ligações.

Queridinho dos brasileiros – em 2014, uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que cerca de 136 milhões de pessoas possuíam um celular - e o aparelho tem sido presença frequente nos mais diferentes cenários, incluindo a academia. Mas, será que o celular ajuda ou atrapalha a malhação?

Para Jose Carlos Oliveira Junior, profissional de Educação Física e Gerente da Academia Just Fit – Unidade Taboão da Serra, o assunto é delicado e ambíguo: “Ele pode ajudar e atrapalhar”. Essa variação – de mocinho a vilão – está ligada ao perfil do usuário. Os mais focados tornam o celular um aliado, enquanto aqueles que estão começando a se adaptar a uma rotina de treinos podem ter no celular uma distração.

Jose Carlos Junior elencou as vantagens e desvantagens do uso do celular nas academias. Confira a baixo.

Benefícios

Desvantagens

Ajuda a definir o ritmo do exercício – “quando a pessoa corre ou se exercita ouvindo música, a canção ajuda a determinar a intensidade da atividade física e até motiva o aluno”, diz Jose Carlos.

Distrações podem levar a machucados – “Quem se distrai facilmente pode acabar derrubando algum peso ou anilha, pode se distrair com o aparelho e acabar se lesionando.”

O cronômetro ajuda a determinar o tempo do exercício.

Olha toda hora para o relógio ou cronômetro pode atrapalhar o rendimento do aluno.

Alguns aplicativos incentivam a prática da atividade física.

Algumas redes sociais promovem bate-papo e podem tirar o foco do exercício.

 

“Há uma pesquisa de cientistas da universidade de Kent, na Inglaterra, que afirma que a música durante a prática de atividade física ajuda na concentração e na conquista de resultados mais rápidos. Por outro lado, usar o celular para bater-papo acaba distraindo o aluno e comprometendo a perda de peso”, destaca Jose Carlos Junior.

O ideal é dedicar o tempo na academia a si mesmo e deixar o celular desligado no vestiário. Se for impossível se afastar do aparelho, então dê preferência a usá-lo para tocar músicas e evite atender ligações ou trocar mensagens.

“Também é preciso bom-senso com o uso das câmeras. Quando usada para registrar a sessão e incentivar os colegas a se mexerem, ela é bem-vinda, mas se torna vilã quando incentiva a vaidade exacerbada ou quando é usada de forma indevida, como nos vestiários. Temos de respeitar a privacidade do outro”, alerta o profissional de educação física.

Fonte: Jose Carlos Rodrigues

Imprimir Enviar por email
  • Banner
  • Banner
  • Banner