Matérias

12 de de 2017

Conheça 5 vilões dos vasos sanguíneos que podem estar na sua dieta

Alguns alimentos favorecem a circulação do sangue; outros, no entanto, favorecem o acúmulo de gordura e o aparecimento da inflamação; adeque sua dieta e fique ligado nas dicas da angiologista e cirurgiã vascular Dra. Aline Lamaita

Conheça 5 vilões dos vasos sanguíneos que podem estar na sua dieta

No geral, o brasileiro consome muito mais sal do que deveria diz médica.

Vários fatores interferem no funcionamento da circulação sanguínea, desde genética a hábitos como sedentarismo, tabagismo e obesidade. Mas alguns dos complicadores podem estar justamente na dieta: “Enquanto ácidos graxos como ômega-3 são benéficos para ‘afinar’ o sangue e alimentos com propriedades antibióticas naturais, como alho e cebola, ajudam a prevenir coágulos sanguíneos; alimentos ultraprocessados têm grande quantidade de sal, açúcar e gordura, todos relacionados à dificuldade da circulação sanguínea”, afirma a cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. A médica lista cinco vilões dos vasos sanguíneos:

-Excesso de sal: “Além de usar o saleiro, a maioria dos produtos industrializados tem o sódio adicionado para melhorar sua conservação. Então, no geral, o brasileiro consome muito mais sal do que deveria”, diz a médica. “O sal favorece a retenção de líquido, provoca inchaço e aumenta a pressão sobre os vasos sanguíneos e deixa o sangue mais denso, pesado, podendo favorecer a formação de coágulos”, explica. Também devemos tomar cuidado com doces light e refrigerantes, pois geralmente contém muito sódio. “Quando se fala em sódio, as pessoas automaticamente pensam em salgados e, em boa parte da população, o consumo excessivo está nos doces e produtos industrializados”, afirma a médica.

-Bebida alcoólica: Ao favorecer a desidratação, o álcool pode fazer o organismo reter mais líquidos e aumentar a pressão sobre veias e artérias. Quem gosta de fumar quando está bebendo aumenta ainda mais os riscos, já que a nicotina tem efeito constritor, explica a médica.

-Falta de água: “Quanto menor a ingestão de água, maior a viscosidade do sangue. Além disso, a desidratação também favorece a queda da pressão arterial, ameaçando vários órgãos. O consumo adequado de água garante que o organismo seja irrigado e bem nutrido de sangue.”

-Alimentos processados: Você ama biscoitos, macarrão instantâneo, refrigerantes, refrescos em pó e salgadinhos? Fique atento: “Ricos em sal, açúcar e gorduras, eles favorecem o ganho de peso e também a inflamação, o que pode colaborar para o aparecimento de doenças circulatórias”, afirma.

-Gordura hidrogenada: Fast-foods, sorvetes industrializados e bolos são três exemplos de alimentos que retardam a circulação e podem agravar a inflamação dos vasos sanguíneos.

Para incluir na dieta — A médica orienta o consumo de alimentos ricos em fibras, que auxiliam na boa digestão e controle do colesterol; procure optar por alimentos com gorduras poli-insaturadas; frutas ricas em Vitamina K, como morango, uva e ameixas, têm papel importante na coagulação do sangue; e alimentos antioxidantes e que contém rutina (encontrada laranja, limão e maçã) auxiliam na diminuição da morte celular da parede das veias.

Fonte: Dra. Aline Lamaita

Imprimir Enviar por email
  • Banner
  • Banner
  • Banner