Matérias

27 de janeiro de 2017

LOGFITNESS chega ao mercado e espera faturar R$1,5 milhão em 2017

Plataforma omnichannel tem como objetivo facilitar a compra e entrega de suplementos consumidos em todo o país

LOGFITNESS chega ao mercado e espera faturar  R$1,5 milhão em 2017

LOGFITNESS

O setor de vendas de suplementação alimentar cresceu 15% em 2016, alcançando um faturamento de mais de R$1,3 bilhão. Aproveitando essa onda crescente da indústria, a LogFitness, plataforma omnichannel de vendas de suplementos, chega ao mercado com objetivo de facilitar a compra e a entrega desses produtos usados por muitas pessoas e atletas.

Lançada há 6 meses em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, a startup contou com investimento próprio no valor de R$250 mil, e já possui mais de 1,6 mil academias na plataforma e 2,3 mil clientes cadastrados. Para utilizar, o aluno entra no perfil da sua academia, se cadastra na plataforma, realiza a compra do suplemento online, faz o pagamento também dentro da LogFitness e retira o produto na academia que frequenta. A academia também pode cadastrar seus professores, e os dois recebem uma comissão da venda. Todo o estoque e procedimentos burocráticos são por conta da LogFitness e o frete é grátis.

“De acordo com a IRHSA (The International Health, Racquet & Sportsclub Association), nosso país possui mais de 7,9 milhões de alunos que frequentam academias. Por isso, nossa principal ideia é transformar esse setor que está em amplo crescimento e mostrar que a suplementação também pode ser comprada online. Hoje no Brasil, 95% das vendas desses produtos são feitas em lojas físicas, e queremos mostrar que em um único local nossos clientes conseguem encontrar uma gama muito grande de produtos e marcas, mas ainda contar com a indicação de quem eles mais confiam, seus treinadores”, afirma Felipe Schumaher, CEO da LogFitness.

Com atuação em todo o Brasil, em mais de 560 cidades, e cerca de 15 marcas parceiras, a plataforma se propõe a incentivar a compra de suplementação por meio de lojas online, personalizadas para cada uma das academias cadastradas. “Queremos entregar o melhor dos dois mundos, do on para o off-line. Agora os alunos podem ter variedade e facilidades de pagamento online, com a orientação e acompanhamento de seus treinadores”, explica Schumaher.

Para 2017, a empresa espera fechar o ano com 3.000 academias, 10.000 clientes, 30 marcas parceiras e um faturamento de R$1,5 milhão.

Fonte: piarcomunicacao.com.br

Imprimir Enviar por email
  • Banner
  • Banner
  • Banner