Matérias

29 de maio de 2017

Entenda como o carboidrato pode contribuir para a prática de esportes de alta intensidade

Alta intensidade - essa é a expressão que define modalidades como crossfit, bootcamp e funcional fight

Entenda como o carboidrato pode contribuir para a prática de esportes de alta intensidade

O carboidrato é um aliado importante, pois é fonte de energia e dá mais disposição, contribuindo para um melhor resultado nos esportes.

Entre as mais populares atualmente, essas atividades são altamente dinâmicas e trazem exercícios surpreendentemente pesados, exigindo muita força e condicionamento físico de seus praticantes. Incluindo desde levantamentos de peso até movimentos de luta, essas práticas são tendência em todo o Brasil e vêm sendo realizadas por quem busca emagrecer - em uma aula de Crossfit é possível perder mais de 200 calorias, por exemplo - e adquirir massa muscular. A inspiração no treinamento militar e nas lutas traz grande motivação, e os benefícios vão de um melhor condicionamento cardiovascular e respiratório ao aumento da força e resistência, além da melhora de flexibilidade, agilidade e coordenação e a diminuição do estresse.

Em qualquer uma dessas modalidades, o carboidrato é um aliado importante, pois é fonte de energia e dá mais disposição, contribuindo para um melhor resultado. A nutricionista Beatriz Botequio, consultora da Equilibrium e do portal SABE (http://sabeportal.com.br/sobre/), lista abaixo três benefícios do carboidrato em treinos de alta intensidade.

  • O carboidrato, encontrado em alimentos como pães, massas, cereais, frutas e batata, é a principal fonte de energia para o corpo e, no caso dos exercícios de alta intensidade e curta duração, também fornece substrato energético para a contração do músculo. Dessa forma, pessoas que seguem uma dieta com baixa ingestão desse nutriente podem sentir fadiga precoce e menor rendimento durante os treinos.
  • O carboidrato deve ser consumido no pré, durante e no pós-treino. Antes e durante o treino intenso, o carboidrato ajuda a melhorar o desempenho e a manter o açúcar no sangue. Depois da atividade, é importante para repor o estoque de energia, além de contribuir para a manutenção da massa magra, principalmente nesse tipo de exercício, que exige do praticante o máximo desempenho.
  • Os carboidratos complexos, como pães, biscoitos e frutas podem ser consumidos 30 minutos antes do treino. Para os carboidratos mais simples, como maltodextrina e energéticos, encontrados em isotônicos, bebidas, barras e géis energéticos.
  • A dica é ingeri-los 15 minutos antes.  Além disso, é necessário ter atenção na adequada ingestão de água para manter a hidratação do corpo. No pós-treino, deve-se combinar carboidrato e proteína de fácil absorção: uma boa dica são lanches de pão integral com atum ou queijos magros.

Fonte: Beatriz Botequio

Imprimir Enviar por email
  • Banner
  • Banner
  • Banner